AMIC comemora doze anos de atividade

Muitos pensam que a entidade acabou, mas ela agora colhe os frutos de suas ações nesta longa caminhada.

Neste 25 de Março de 2012, a AMIC – Associação Cultural Amigos de Cachoeira do Campo – completa doze anos de atividades voltadas ao resgate da história e da cultura deste histórico distrito de Ouro Preto.

Muitos pensam que a entidade acabou, mas ela agora colhe os frutos de suas ações nesta longa caminhada. A AMIC vem ininterruptamente atuando nos bastidores da vida cultural de Cachoeira do Campo e de Ouro Preto, na participação de conselhos municipais, na parceria com empresas e entidades educacionais etc.

A revitalização da Igreja das Dores (1761), agora tombada como Patrimônio Cultural de Ouro Preto, e a restauração da famosa Matriz de Nossa Senhora de Nazaré são frutos, entre outras coisas, do empenho da entidade.

A AMIC nunca deixou seu ideal morrer e para isso contou com figuras ilustres da comunidade, como o recentemente falecido amigo e sócio-fundador, José Thomaz da Costa, o Zé de Lia, que muito nos incentivou e compartilhou a sua sabedoria.

Ao completar doze anos, a AMIC espera continuar ativa em Cachoeira do Campo, semeando no coração das crianças e jovens o sentido mais valioso do amor à terra natal. Afinal: “Aqui nós temos identidade.”